Bahia usará camisa manchada de óleo na partida contra o Ceará

21/10/2019


Tricolor lança manifesto em defesa das praias do Nordeste antes de partida válida pelo Campeonato Brasileiro, marcada para esta segunda-feira (21), em Pituaçu.

"O problema é seu. O problema é nosso". Assim o Bahia inicia o manifesto em defesa das praias do Nordeste, que foram atingidas por manchas de petróleo desde o início de setembro.

O melhor do marketing esportivo está aqui.

Para alertar sobre o tema, o clube usará um uniforme com manchas de óleo na partida contra o Ceará, marcada para esta segunda-feira, às 19h30 (horário de Brasília), em Salvador.

De acordo com informações apuradas por André Gallindo, repórter da TV Globo, o Bahia vai leiloar os uniformes utilizados na partida, e o dinheiro será doado para alguns grupos que estão ajudando na limpeza das praias.

O clube, que tem sua própria marca de uniformes, também solicitou que fossem realizados testes com o objetivo de comercializar para os torcedores o modelo da camisa com manchas.

As manchas de óleo apareceram inicialmente na Paraíba e se alastraram para 171 municípios dos nove Estados nordestinos. A substância encontrada é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impacto nas cidades litorâneas. Mais de 150 praias já foram atingidas pelo óleo.

Na Bahia, as manchas apareceram no início de outubro. Além de Itacaré, houve registro da substância nas cidades de Vera Cruz, Itaparica, Salvador, Jandaíra, Lauro de Freitas, Conde, Camaçari, Entre Rios, Esplanada e Mata de São João.

Por conta do problema, o Governo do Estado decretou estado de emergência. O decreto irá liberar fundos para as cidades mais prejudicadas, que, até então, têm custeado a limpeza das praias.

A origem das manchas ainda está sob investigação.

 

Fonte: Redação.

TAGs: bahia-futebol-clube campeonato-brasileiro responsabilidade-social Salvador