Surdos terão programa especial com TV Inês e SporTV

06/12/2018


A atração, pensada especialmente para a comunidade surda, exibirá os gols do Campeonato Brasileiro e será apresentada por Heveraldo Ferreira e Rafaela Vale, ambos surdos.

A partir do dia 7 de dezembro, às 11h, a TV Ines lança seu novo programa ‘Mão na Bola’, uma parceria com o SporTV.

Quer saber o que de melhor acontece no mercado de entretenimento? Clique aqui.

O público poderá assistir aos episódios pelo site do canal ou por intermédio do YouTube (TVINESoficial), sempre às sextas, com narração em Libras e legendas, e comentários de grandes craques do futebol, como Júnior, Roberto Dinamite, Donizete, Edinho, Casagrande, Roger, Petkovic, além dos técnicos Carlos Alberto Parreira, Jorginho e Valdir Espinosa.

No programa, a cada semana, os convidados irão escolher seu gol preferido. Ao todo, serão 20 episódios e entre os temas confirmados estão: golaço, gol de tabela, gol de pênalti, gol de cabeça, gol de oportunidade, gol de zagueiro, gol de falta e gol de lateral.

No primeiro episódio, o convidado será o técnico Jorginho, para apresentar a seleção de “Gols de bola parada”.

“A parceria surge com o objetivo de levar o nosso conteúdo para os diferentes públicos, de maneira customizada de acordo com a demanda do consumidor final. Por intermédio do esporte e com o auxílio da TV Ines a iniciativa contribui para a inclusão de pessoas surdas sendo possível aproximá-las de uma das maiores paixões nacionais, o futebol. Para isso, serão selecionados diferentes temas com os melhores gols para que o público tenha acesso a lances espetaculares com narração e participação do elenco do SporTV. A iniciativa faz parte das ações de impacto positivo promovidas pelas marcas esportivas da Globosat, que têm como objetivo fomentar o esporte, promover o respeito e incluir minorias.”, afirma Bianca Maksud, diretora Marketing Esporte Grupo Globo.

“Estamos muito orgulhosos dessa parceria. O objetivo da TV Ines com esse projeto é tornar próximo e possível o contato da comunidade surda com o futebol brasileiro. Aqui, o surdo é o protagonista. Não temos uma pequena janela de Libras na tela. Metade dela pertence a quem realmente precisa entender aquilo que está sendo transmitido, seja um filme, um noticiário e uma partida de futebol. Queremos que as transmissões dos jogos cheguem para esse público de forma didática. Dessa forma, eles conseguirão ter acesso às técnicas e especificidades do futebol. Para nós é um orgulho colocar esse programa no ar. Nós somos uma das únicas cinco emissoras no mundo para surdos.”, completa Claudio Jardim, diretor de produção e programação da TV Ines. 

Fonte: Redação.