Skol é a patrocinadora master do Carnaval de BH

19/02/2019


Vencedora do edital de licitação da Belotur, a Do Brasil será a responsável pela infraestrutura e logística do Carnaval da cidade em 2019 e 2020.

A produtora assume, pela segunda vez consecutiva, o custeio dos suportes para o bom funcionamento da folia. Além da Skol, a festa tem patrocínio das marcas Uber e RedBull.

Leia também: Skol realiza festa para todos os gostos nas ruas de São Paulo.

Outras ações de Live Marketing no carnaval estã aqui

Mais que organizar a festa, a empresa coloca sua expertise em experiências inovadoras e impactantes a serviço do público e das empresas envolvidas.

O aporte é de R$ 10,5 milhões em verba direta – R$ 4,5 milhões para 2019 e R$ 6 milhões para 2020 –, além de planilhas de estruturas e serviços, de R$ 8,3 milhões para cada ano.

A soma do patrocínio nos dois anos chega a R$ 27,1 milhões, o que gera economia significativa nos investimentos da prefeitura.

“É, ao mesmo tempo, uma honra e um desafio fazer acontecer um dos melhores carnavais do Brasil, que reflete os movimentos pelos quais Belo Horizonte está passando e criando. Nosso intuito é sempre pensar em impactos positivos para as pessoas, as cidades, e, claro, para as marcas envolvidas. Queremos que a experiência seja, novamente, inesquecível!”, expressa Patrícia Tavares, uma das diretoras da Do Brasil.

A expectativa é que Belo Horizonte receba 4,6 milhões de pessoas no Carnaval de 2019, expansão de 20% em relação ao último ano.

A programação conta com 515 blocos de rua cadastrados, desfiles de 11 blocos caricatos e oito escolas de samba e shows em palco oficiais de oito regiões da cidade: Praça da Estação, Avenida Brasil, Parque Municipal, Savassi, Barreiro, Venda Nova, Via 240 (Palco Norte/Nordeste), e, pela primeira vez, na Pampulha (Palco Noroeste/Pampulha).

O crescimento vem acompanhado de melhorias na segurança, na qualidade dos serviços e na avaliação de moradores e turistas. Um exemplo de evolução na infraestrutura é o aumento do número de banheiros químicos. O número total de sanitários espalhados pela cidade no período oficial do evento supera 13 mil diárias, distribuídas em 55 pontos, 3,6 mil unidades móveis e 250 cabines para portadores de necessidades especiais (PNE).

No quesito segurança, o Centro Integrado de Operações de Belo Horizonte (COP-BH) irá funcionar 24 horas por dia, em articulação com as instituições municipais como a Guarda Municipal, a BHTrans, o Samu, o Corpo de Bombeiros; e estaduais, como a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil.

Para monitorar e resolver eventuais ocorrências em tempo real, por meio de 1,4 mil câmeras, o Posto de Comando irá dar plantão de 186 horas, 60 horas a mais que em 2018. Também terão maior reforço as equipes volantes, que circulam na cidade entre 10h às 4h; e as operações especiais integradas, que buscam garantir mobilidade e ordem em vias de grande concentração de público.

Em relação à assistência à saúde, a população irá contar com três Postos Médicos Avançados (PMA) entre os dias 1° e 5 de março, equipados com ambulância do Samu, leitos e equipamentos médicos. Uma das unidades é o Posto Médico Móvel, em parceria com o Corpo de Bombeiros, que atuará nos blocos de maior público.

A estrutura vai contar com quatro leitos de observação e um leito de atendimento de grande urgência.

Destaque também para os projetos de sustentabilidade e limpeza urbana, como a ação com 130 catadores de materiais recicláveis, que vão passar pela área de circulação de 12 blocos para recolher o lixo.

Além disso, a partir do dia 23 de fevereiro, a cidade vai contar com dez novos pontos fixos de coletores de recipientes de vidro.

Todo o processo de administração do Carnaval 2019 será realizado pela Belotur, com o apoio logístico da Do Brasil, que está captando patrocinadores e contratando fornecedores locais, de acordo com o previsto em edital.

 

Foto: Rodrigo Tinôco.

Fonte: Redação.

TAGs: