São Paulo Oktoberfest conquista apoio de grandes marcas

23/09/2019


Na sexta-feira (20), com casa nova e estouro do barril, teve início a festa mais alemã da Capital paulista.

         Walter Cavalheiro.

O já tradicional estouro do barril marcou a abertura oficial da 3ª São Paulo Oktoberfest no Jockey Club de São Paulo. O show da banda Paralamas do Sucesso foi a atração do primeiro dia.

O melhor do entretenimento está aqui.

Leia também: Eisenbahn é a cerveja oficial da São Paulo Oktoberfest.

A São Paulo Oktoberfest deve receber um público de mais 100 mil pessoas até 6 de outubro. O festival contará com intensa programação de grandes bandas nacionais e típicas, gastronomia alemã e a experiência cervejeira proporcionada pela Eisenbahn junto com 15 cervejarias artesanais convidadas.

Com investimentos de mais de 5 milhões em marketing e mídia, o festival também ampliou o time de parceiros. Além dos tradicionais patrocinadores — Eisenbahn, Aurora e Mercedes-Benz — o evento ganhou o apoio das marcas Truck & Van e Electrolux.

“Com o sucesso crescente da festa e seu impacto na cultura da cidade, acreditamos que em breve vamos contar com um abraço ainda maior de empresas alemãs que enxergam nesse festival não apenas a valorização de sua cultura como também engajamento mais descontraído com seus públicos.”, diz o fundador do festival no Brasil, Walter Cavalheiro.

Abertura da São Paulo Oktoberfest no Jockey Clube (Foto: Bárbara Muniz Vieira/G1).

De acordo com a Câmara Brasil-Alemanha – que conta com mais de 1.200 empresas associadas de todo o Brasil – o capital alemão representa aproximadamente 10% do PIB industrial nacional. O Estado de São Paulo abriga mais de 900 subsidiárias de empresas alemãs que atuam nos mais diferentes setores da indústria e de serviços.

Um evento em São Paulo que celebra a cultura alemã acaba se tornando uma vitrina para as marcas. Não por acaso, o festival paulista é o único entre as Oktoberfest brasileiras a se bancar sem recursos públicos.

“Todas as outras festas, Itapiranga, Blumenau, Santa Cruz do Sul, Igrejinha, trabalham com dinheiro público, elas não pagam o espaço do evento nem a estrutura da festa. Claro que considerando um evento da dimensão do de Blumenau, parte da receita obtida também é revertida para os cofres da cidade. Mas em São Paulo é diferente. O festival nasceu aqui 100% por intermédio da iniciativa privada, sem um tostão de dinheiro público.”, destaca Cavalheiro.

O evento espera bater recorde de público nesta terceira edição (Foto: Reprodução/TV Globo).

Com 90% dos ingressos para o primeiro final de semana vendidos, o festival deverá gerar cerca de R$ 40 milhões no turismo da cidade e aproximadamente 1.800 empregos diretos e indiretos. “Meu sonho é levar esta festa ao status de segunda maior no mundo, depois da Alemanha. Blumenau recebe cerca de 500 mil pessoas atualmente. Acho que São Paulo, com o tempo, consegue receber até 1 milhão de pessoas.”, comenta Walter.

Segundo Cavalheiro, a festa já está consolidada no calendário oficial da cidade e parte do sucesso se explica pelas opções variadas para toda a família em um ambiente seguro.

A exemplo das duas primeiras edições, a gastronomia típica e a experiência cervejeira proporcionada pela Eisenbahn junto com as cervejarias artesanais serão alguns dos destaques da festa, com mais de 70 rótulos de diferentes estilos.

Traje típico tem entrada gratuita às quintas-feiras

Às quintas-feiras quem for vestido com trajes típicos tem entrada gratuita. O evento tem 15 tipos de cervejas artesanais e mais 5 tipos de cerveja Eisenbahn e 154 pratos típicos de comida alemã.

Para uma diversão completa, a organização do festival recomenda ao público que não utilize seus próprios carros para chegar ao evento, em função da grande limitação de vagas no estacionamento local. Há várias opções de transporte público.

O traje típico dá mais brilhantismo à festa (Foto: Divulgação).

Com mais de 100 horas de atrações musicais que acontecem em dois palcos, a programação musical trará a participação de 30 bandas nacionais e típicas. Estão confirmadas as apresentações da Banda IRA! Paralamas do Sucesso, Kiko Zambianchi, Diogo Nogueira, Biquini Cavadão, Blitz, Raimundos, Terra Celta, Armored Dawn, Queen Experience e a dupla Overdriver Duo.

Além disso, a animação da festa com músicas típicas alemãs será puxada pela Banda Cavalinho, Banda do Caneco, Banda do Barril e o Bando do Fritz.

As opções de entretenimento também prometem: serão 15 atrações no Parque de Diversões. E a São Paulo Oktoberfest ainda reserva outras surpresas para os visitantes, como a realização de uma festa de casamento que acontecerá no dia 29 de setembro em um resgate da origem do festival de Munique, após mais de 200 anos.

A roda-gigante é uma das opções de entretenimento na São Paulo Oktoberfest (Foto: Divulgação).

A Oktoberfest surgiu em 12 de outubro de 1810 a partir da comemoração do casamento do príncipe Ludwig von Bayern com a princesa Therese von Sachsen-Hildburghausen.

Ingressos podem ser adquiridos no site oficial do evento.

 

Fonte: Redação.

TAGs: einsenbahn evento live-marketing são-paulo são-paulo-oktoberfest walter-cavalheiro