Conheça os 9 festivais patrocinados por Natura Musical

21/04/2019


Programa apoia eventos em oito Estados do Brasil, entre eles Coala Festival, Bananada e Coquetel Molotov.

Uma pesquisa do Data Sim, divulgada em 2018, mostrou que quase dois mil festivais de música foram realizados nos últimos três anos em todo o Brasil.

O melhor do entretenimento está aqui.

O levantamento reforça a percepção do programa Natura Musical de que esses eventos musicais desempenham um papel fundamental na movimentação do mercado da música e contribuem para o desenvolvimento da cena independente local.

Neste ano, nove festivais de Norte a Sul do país terão o apoio do programa: Coala Festival (SP), Bananada (GO), Coquetel Molotov (PE), Se Rasgum (PA), DoSol (RN), Radioca (BA), Música de Rua (RS), Sonâncias (MG) e Timbre (MG).

Coala Festival (Foto: Wesley Allen).

“Depois de dez anos investindo prioritariamente em artistas (discos e turnês), entendemos que há outros elos essenciais para o desenvolvimento do mercado. Isso fez com que o programa Natura Musical expandisse, em 2017, sua atuação, inaugurando a Casa Natura Musical, em São Paulo, e apoiando festivais em todo o Brasil.”, explica Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura.

A programação completa dos festivais será divulgada ao longo do ano, contudo artistas patrocinados por Natura Musical já têm presença confirmada: OQuadro, da Bahia, Luiza e os Alquimistas, do Rio Grande do Norte, e Drik Barbosa, de São Paulo, estão confirmadíssimos na escalação do DoSol, que acontece em Natal, no segundo semestre de 2019.

No line-up da 21ª edição do Festival Bananada, com data marcada para o mês de agosto, em Goiânia, também estão confirmadas a cantora Luiza Lian, a rapper Drik Barbosa e a banda OQuadro. Ainda fazem parte da escalação nomes como Jaloo, Felipe Cordeiro, Tulipa Ruiz & João Donato, Romero Ferro, Jéssica Caitano, Saskia, Jadsa Castro, Terno Rei, E a Terra Nunca me Pareceu Tão Distante, Tuyo, Magüerbes (25 anos) e Raça.

Conheça mais sobre os nove festivais apoiados por Natura Musical em 2019:

Bananada (GO)

Desde 1999, o Bananada fomenta a produção da música independente. Em 2012, trouxe uma proposta ainda inexplorada no Brasil: na semana em que antecede os grandes shows, o evento toma os bares, restaurantes e teatros de Goiânia para exibir o que há de mais relevante na atualidade.

Além de música, é possível conferir exposições de artes plásticas, campeonatos de skate e circuito gastronômico. Nomes como Caetano Veloso, Emicida, Tulipa Ruiz, Karol Conká e Liniker e os Caramelows já passaram pelos palcos do evento.

Mais informações aqui.

Coala (SP)

Nas últimas quatro edições, o festival recebeu grandes nomes da música, como Gilberto Gil, Xênia França, Caetano Veloso, Johnny Hooker, Luedji Luna e Emicida. Também promoveu encontros inéditos como Milton Nascimento e Criolo.

Além do festival anual, a marca tem duas iniciativas: o coala.lab, que incentiva a criação de projetos experimentais em parceria com marcas e artistas, e o Coala Records, um novo formato de gravadora com foco na música brasileira.

Saiba mais aqui.

Coquetel Molotov (PE)

Em 2018, o No Ar Coquetel Molotov comemorou 15 anos no Caxangá Golf Club com Duda Beat, Anelis Assumpção, Maria Beraldo, Boogarins, Catavento, entre outros.

Saiba mais aqui.

DoSol (RN)

O festival também debutou no ano passado, com uma comemoração que reuniu 60 artistas, em dois dias de evento. Os quatro palcos montados no Beach Club, região costeira de Natal, receberam nomes como Céu, Letrux, Metá Metá, Hurtmold (SP) e Rashid.

Ao longo de sua trajetória, o DoSol passou a ser considerado referência nacional pelo seu forte trabalho para o fomento e fortalecimento da música autoral de vanguarda do país.

Mais informações aqui.

Música de Rua (RS)

Na 7ª edição, o Música de Rua reforça a sua proposta inicial: ocupar espaços públicos e colocar artistas de Caxias do Sul e da Serra Gaúcha no mapa da música popular brasileira.

No total, são mais de 150 atividades gratuitas, entre concertos gratuitos, oficinas, debates e exibições de cinema.

O “De Rua” também é responsável por promover o encontro de músicos de distintos gêneros, como o erudita, o eletrônico, o rap, o contemporâneo e misturar com os sons locais.

Mais informações aqui.

Radioca (BA)

O Festival Radioca, em Salvador, mapeia a nova safra da música brasileira e apresenta suas apostas ao público. Na última edição, onze shows distribuídos em três dias, no Largo Quincas Berro d’Água, no Pelourinho.

O festival conta ainda com uma feira, que oferece impressos, paisagismo e gastronomia, para fomentar o mercado criativo local. Artistas, designers e editores apresentam e comercializam produções, em uma seleção que busca a qualidade e a autenticidade.

Saiba mais aqui.

Se Rasgum (PA)

O evento já teve 11 edições e se estabeleceu como o maior da Região Norte, além  de um dos cinco melhores festivais de música do país.

Se Rasgum tem entre seus objetivos levar a produção musical emergente para todo o Brasil, alimentando uma cadeia produtiva cultural no Estado. Nomes como Letrux, O Terno, Linn da Quebrada, Baiana System e Carne Doce já passaram pelo festival.

Mais informações aqui.

Sonâncias (MG)

Produzido pela Quente, o Sonâncias é uma mistura de seminários e rodada de negócios com um toque de música ao vivo.

As edições de 2015 e 2017 trouxeram debatedores de produtores de festivais, músicos, representantes de órgãos públicos e de empresas patrocinadoras de atividades culturais.

Dessa vezm o Sonâncias cresce e se desdobra em duas frentes: O Sonâncias Lab, um projeto experimental que mistura residência artística, atividades de formatação e documentário, e o festival Sonâncias.

Saiba mais aqui.

Timbre (MG)

A agência Timbre Cultural promove o Festival Timbre. Na última edição, em Uberlândia (MG), o evento reuniu mais de 20 mil pessoas, mais de 50 horas de música com artistas de todo território nacional.

A Timbre também realiza outros eventos culturais e tem como especialidade o agenciamento de carreiras de bandas e músicos.

Mais informações aqui.

Fonte: Redação.

TAGs: entretenimento eventos-musicais natura natura-musical