Berço Elétrico une folia e ação social

02/02/2019


Estreando no Carnaval de São Paulo, o bloco adaptado para famílias com crianças entre 0 e 6 anos vai arrecadar fraldas e alimentos infantis para instituições e abrigos municipais.

Fundado pelo casal de foliões Júlia Maturana e Diogo Rios, o Bloco Do Berço Elétrico vai desfilar no sábado, dia 2 de março, no Parque Burle Marx, na Vila Andrade, com uma proposta de proporcionar às famílias com bebês e crianças pequenas a oportunidade de curtir o Carnaval com infraestrutura e cuidados indispensáveis para a turminha da fralda e da mamadeira.

Leia também: Trio Elétrico “Seja Você. Seja Feliz” vai animar o Carnaval de Rua de São Paulo em 2019.

O melhor do entretenimento está aqui.

Entre as inovações, o Bloco do Berço Elétrico vai contar com monitor de decibéis para controlar o volume do som do trio e o empréstimo dos já famosos ‘berços elétricos’, um berço adaptado com rodinhas, guarda-sol e placas de proteção, onde o bebê pode pular, sentar e descansar, sem estresse ou perigo.

E o envolvimento com o universo infantil de Júlia e Diogo, que são pais do pequeno Pedro, vai além da folia.

“Resolvemos fazer uma ativação social para auxiliar abrigos municipais e instituições que recebem bebês e crianças.”, conta Diogo.

Sendo assim, os foliões que quiserem ter um abadá do bloco, seja adulto, infantil ou para bebês, poderão consegui-lo por meio da doação de dois pacotes de fraldas ou duas latas de leite ou fórmula infantil.

Para garantir um dos 40 berços adaptados que levam o nome do bloco, o folião poderá reservar uma unidade mediante doação de oito pacotes de fraldas ou oito latas de leite e fórmula infantil.

Diogo ressalta ainda que, após o desfile do bloco, os 40 “berços elétricos” também serão doados para instituições ou abrigos.

As trocas de abadás estarão limitadas ao estoque de 600 unidades e os berços limitados à disponibilidade de 40 unidades.

 

Fonte: Redação.