3M completa 10 anos de patrocínio à cultura e ao esporte

15/09/2018


Arte de vanguarda que inspira a reflexão e está disponível gratuitamente em uma das principais capitais brasileiras.

Essa é a proposta da Mostra 3M de Arte, que pelo oitavo ano recebe patrocínio da 3M do Brasil, via lei de incentivo à cultura. Ao todo, já foram destinados em todas as edições mais de R$ 6 milhões de apoio ao projeto destinados via Lei de Incentivo à Cultura.

Não é de hoje que a 3M patrocina, por meio de leis de incentivo, ações ligadas ao teatro, à música popular e erudita, à economia criativa, além de exposições, projetos apoiados pela lei de audiovisual, equipes esportivas, entre outros. Em 2018, a empresa completa uma década de apoio às artes e esportes em todo país.

"Para a 3M, apoiar a realização desses projetos é uma forma de promover importantes instrumentos para a transformação social do nosso país: a cultura, a arte e o esporte. Acreditamos que através desses apoios despertamos um novo olhar nas pessoas que são impactadas por esses projetos, levamos criatividade, inovação e desenvolvemos novos talentos.", explica Luís Eduardo Serafim, head de marketing da 3M.

O projeto da Mostra tem em seu histórico edições em São Paulo em instituições e centros de cultura da cidade como o Instituto Tomie Otake. Em 2015, chegou ao Rio de Janeiro, na Fundição Progresso. Desde 2017, a Mostra se aproxima do público, convidando à interação em espaço público.

Em 2018, o projeto ocupa novamente o Largo da Batata, no bairro paulistano de Pinheiros. Serão exibidas gratuitamente, entre 15 de setembro e 14 de outubro, obras inéditas dos artistas Eduardo Coimbra, Estela Sokol, Grupo Inteiro, o duo Marcos Muzi e Rafael Cotait, Raquel Kogan e da selecionada por edital, Regina Parra.

A idealização e curadoria é da produtora cultural Elo3, responsável pelo evento desde sua primeira edição. "Neste ano, os trabalhos permeiam a ideia da arte apontando para uma convivência baseada no respeito e na fruição do espaço público enquanto ativador de sentidos e consciência cidadã", explica Fernanda Del Guerra, sócia e diretora da Elo3.

Entre os destaques deste ano estão a instalação "Parque", do artista Eduardo Coimbra, que prevê a criação de um espaço de lazer com gramado visualmente infinito instalado sobre o piso da praça. O objetivo é o uso comunitário dos frequentadores e passantes do Largo da Batata, um local de intensa circulação de pessoas.

Outra instalação é composta por uma fonte de água no projeto "Metro Cúbico" d´O Grupo Inteiro, formado pelos artistas Carol Tonetti, Cláudio Bueno, Ligia Nobre e Vitor Cesar. O coletivo reflete sobre a condição histórica de ter água acessível em praça pública.

Já a artista Raquel Kogan apresenta "Falante", uma instalação interativa sonora no formato de um grande telefone sem fio. Com "Miração", os artistas Marcos Muzi e Rafael Cotait apresentam um projeto que pretende estimular uma reflexão sobre a autoimagem. Por fim, um muro branco de 12 metros de comprimento e um pequeno triângulo, ambos de concreto, são justapostos em "Contraforte", trabalho de Estela Sokol.

A artista Regina Parra é a grande vencedora do edital da 8ª Mostra 3M de Arte e assina a obra "É Preciso Continuar", baseada no livro de Samuel Beckett "O Inominável". O projeto é constituído por um letreiro luminoso colorido de grandes dimensões. O evento conta ainda com o espaço container.art – que, nesta edição da mostra, está configurado como um estúdio de arte - oferece oficinas gratuitas destinadas ao público com temas conectados à ciência e à arte, coordenadas pela arte educadora Vera Barros, todos os dias, das 8h às 20h.

Fonte: Redação Promoview.