Apple TV+ chega para concorrer com Netflix

26/03/2019


O objetivo do novo serviço é oferecer um nível extra de conveniência aos usuários, além do próprio material original.

Foram anos, mas a Apple finalmente anunciou sua iniciativa própria de um serviço de streaming de vídeo chamada de Apple TV+.

Confira as últimas novidades sobre marketing digital aqui.

Leia também: Filme da Apple espanta bisbilhoteiros.

A novidade chega junto de um grande redesign do aplicativo de TV, visando reunir múltiplos serviços de vídeo além de conteúdo original da própria Apple.

Com o redesign do aplicativo de TV, o serviço também servirá como agregador de plataformas de streaming como HBO, Showtime e CBS, criando mais incentivo para o usuário se manter dentro da plataforma.

Tim Cook durante a apresentação da Apple TV+.

Para ajudar a expandir sua plataforma além dos muros do iOS, a Apple também anunciou a chegada do seu aplicativo TV para smart TVs de empresas como Samsung, Sony, LG e Vizio, o que é importante para tornar seu serviço de streaming mais competitivo.

Junto do anúncio do Apple TV+, a Apple também revelou um pouco mais sobre o que de original a plataforma carregará.

A empresa trouxe ao palco as atrizes Reese Witherspoon e Jennifer Aniston para anunciar um programa chamado “The Morning show”, que também terá a participação do ator Steve Carrell.

Além disso, Jason Momoa e Alfre Woodard também subiram no palco para falar de “See”, um seriado de ficção científica que apresenta um mundo em que seus habitantes perderam a visão desde que conseguem se entender como seres humanos.

Também foi anunciada uma série no estilo antologia chamada “Little America”, que deverá retratar a vida cotidiana de imigrantes nos EUA, produzida por Kumail Nanjiani, que também escreveu o filme “Doentes de Amor” e estrela o seriado “Silicon Valley” no papel do paquistanês Dinesh.

Ainda não há previsão de preço para o Apple TV+, mas o serviço será lançado no último trimestre deste ano.

Também ainda não foram anunciados os países em que o Apple TV+ estará disponível em um primeiro momento, então não se sabe se o Brasil estará incluído. Já o novo aplicativo TV será liberado a partir de maio para 100 países.

Fonte: Redação.

TAGs: apple marketing-digital serviço-de-streaming streaming-da-apple