Amazon inicia venda direta de produtos no Brasil

23/01/2019


E-commerce passa a oferecer mais de 20 milhões de produtos em 15 categorias, que incluem itens vendidos e entregues pela própria empresa.

A Amazon anunciou no dia 22 de janeiro, a expansão de suas operações no Brasil.

Confira as últimas novidades sobre marketing digital aqui.

Leia também: Amazon aposta no serviço de streaming de vídeos.

A partir de agora, a versão brasileira do e-commerce norte-americano inicia a venda direta de produtos no país.

Com isso, consumidores agora podem comprar produtos de até 15 categorias vendidos e entregues pela companhia.

Antes disso, a empresa comercializava basicamente livros, incluindo os e-books e o e-Reader da marca, o Kindle. Já em outras categorias, o que incluía eletrônicos, por exemplo, as vendas eram feitas por meio do marketplace - quando vendedores parceiros usavam a plataforma para oferecer seus produtos. 

Mas, a partir de agora, a Amazon.com.br passa a oferecer mais de 20 milhões de produtos em 15 categorias (incluindo mais de 200 mil livros e 120 mil produtos em estoque), que incluem itens vendidos e entregues pela própria empresa, além do marketplace, que traz empresas brasileiras de pequeno e médio porte.

Entre as categorias estão Eletrônicos (smartphones, acessórios, notebooks, etc), Cuidados Pessoais, Brinquedos, Bebê, Beleza, entre outros. 

Novo centro de distribuição

Para suportar o tamanho desta operação, a Amazon acaba de inaugurar um novo centro de distribuição de seus produtos. Localizado em Cajamar, na Grande São Paulo, o local tem 47 mil m².

Para funcionar e manter a sua já conhecida excelência nas entregas, ele traz as mesmas tecnologias usadas pelo e-commerce em seus outros armazéns espalhados pelo mundo. A empresa não divulgou o valor investido no novo centro, mas nele trabalharão parte dos 1,4 mil funcionários diretos e indiretos da companhia no Brasil.

Pagamentos e entregas

Os clientes que passarem a comprar na Amazon poderão utilizar cartão de crédito (dividindo em 10x s/juros), além do boleto bancário, modalidade inserida pela empresa recentemente.  A empresa oferece frete grátis, além de opções de entrega rápida, disponíveis para centenas de milhares de produtos vendidos.

Agora também será  possível fazer perguntas sobre um determinado produto na página em que ele é oferecido no site. Outros clientes que já compraram o item, fabricantes e vendedores podem responder às questões, esclarecendo dúvidas. A ideia da empresa é que este recurso seja um fator relevante na decisão de compra. 

Opções de frete e entrega rápida

A Amazon passa a oferecer frete grátis para todo o Brasil em pedidos a partir de R$ 149 para produtos vendidos e entregues pela Amazon.com.br. Também há a opção de Entrega Expressa em até 3 dias para Capitais e cidades elegíveis das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Consumidores das regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba podem optar pela Entrega Prioritária e receber seus produtos em 1 a 2 dias.

Categorias personalizadas

Além do aumento da oferta de produtos no site, a Amazon passa a oferecer novas experiências de compra: a loja Cachos & Ondas e a Lista do Bebê.

Na primeira, consumidores podem comprar produtos para cabelos crespos, cacheados e ondulados, incluindo marcas como Salon Line, Beleza Natural, Joico e Lola. Já na segunda, as famílias que estão esperando bebês podem criar uma lista de presentes personalizada, escolhendo entre milhares de produtos em diferentes categorias – de fraldas a carrinhos, passando por chupetas e mamadeiras.

É possível ainda compartilhar a lista com amigos e com a família, e acessar ofertas especiais, mesmo após o nascimento da criança.

Fonte: Redação.

TAGs: