RA: Da consciência da marca à experiência do cliente

12/09/2019


Nos últimos meses o volume de ações e projetos de Realidade Aumentada (RA) aumentou de forma exponencial.

O investimento de grandes empresas para promover suas marcas, produtos e serviços é crescente.

A tecnologia ganhou força por trazer uma nova abordagem, que diminui muito a resistência dos consumidores quando impactados pelas ações de awareness.

Uma experiência de RA surpreende, desperta a curiosidade, instiga a audiência a testar, provar, brincar e o mais importante, a compartilhar o que estão experienciando.

Com isso, os próprios consumidores são atores da ação, repercutindo a experiência para seus círculos de amizade por meio das redes sociais. Exatamente o oposto do que vem acontecendo com formatos digitais tradicionais, como banners e vídeos, que têm sofrido muito com a expansão dos AdBlocks e de uma nova mentalidade do consumidor, que não gosta de ser interrompido em suas ações digitais.

A força da RA não para por aí. A tecnologia muda a maneira como as pessoas interagem com o mundo físico e digital, elevando a experiência do cliente a um novo patamar.

Essas ações estão revolucionando a maneira como o cliente enxerga as empresas, pois o coloca no papel imediato de usuário, testando uma experiência em tempo real. É um novo jeito de realizar a compra on-line, onde o consumidor é protagonista no processo de transformação digital, seja no varejo, no setor automobilístico, na área da beleza, na educação, assim como em outros segmentos.

Essas tecnologias já são uma realidade e têm se mostrado muito eficazes diante das tendências do mercado nacional e global, gerando soluções, e, consequentemente, negócios de alto valor agregado.

As marcas que conseguirem se aproximar de seus clientes e de seus produtos ganharão facilmente notoriedade de um público que está cada vez mais atento ao rumo das inovações. Muitos deles enxergam essa experiência como fator determinante para realização da compra.

A realidade aumentada no varejo transforma o ponto de venda em um canal digital ativo, que se apresenta como um recurso diferenciado de contato direto com as marcas.

A presença dessas tecnologias promove interação entre o mundo físico e o digital, proporcionando um novo patamar de experiência aos clientes. Sem dúvida, uma grande oportunidade de negócio para as empresas, envolvendo geração de novas receitas e fortalecimento da marca no consciente dos consumidores.

 

 

Fonte: Marcos Trinca

TAGs: artigo ponto-de-venda realidade-aumentada tecnologia varejo