Dicas para fazer um evento com pouca verba

09/04/2018


Ao se realizar um evento é preciso ter organização, foco e obter resultados objetivos durante e após a sua realização.

Eventos bem-sucedidos contam como acertos a entrega de produtos e serviços adequados ao público para o qual foi organizado. Para se ter êxito nessa área é preciso conhecer profundamente os convidados.

O orçamento é parte fundamental para a realização de um evento. Mas, e quando a verba não é tão alta, o que deve ser feito? Promoview preparou algumas dicas para que tudo saia a contento mesmo quando o dinheiro for curto.

Em tempos de economia enfraquecida, a questão do orçamento é motivo para muitas dores de cabeça durante a organização de um evento. É preciso estar superpreparado para lidar com esse desafio da melhor forma.

Criatividade, ‘jogo de cintura’, habilidades de negociação, e, principalmente, conhecimento do negócio, são fundamentais no momento de começar a organização do evento.

Um bom organizador de eventos tem de saber negociar custos e condições, afinal, tem muito contratante que adora barganhar, e, se souber lidar com isso as chances de ganhar uma concorrência são maiores.

É importante mostrar ao fornecedor que você conhece a natureza do serviço que ele está vendendo, e, dessa forma, será possível conseguir algum desconto e economizar.

Para se obter descontos é preciso conhecer os preços praticados no mercado e nos concorrentes do seu fornecedor. Compare a qualidade e segurança do serviço que está sendo negociado. Nunca faça pedidos absurdos porque o seu interlocutor irá saber que está lidando com uma pessoa que não sabe o que está fazendo.

Quando se quer reduzir um custo é preciso dominar a sua planilha orçamentária, sem isso, pedir uma negociação sem dar uma orientação fica muito vago, o que poderá atrapalhar a possível conquista de um desconto.

Outra dica importante é nunca levar nada para o lado pessoal. Se o seu fornecedor subestimar seus conhecimentos ou não compreender suas necessidades, coloque-se no lugar dele e tente entender suas limitações e motivações e tente uma outra abordagem.

Em momento algum perca o bom-senso e a educação. Seja direto e objetivo, mantendo-se no âmbito profissional, legal e ético. Nunca force uma situação em que o seu fornecedor seja prejudicado.

Se você ainda não tem uma rede de fornecedores fiéis, construa a sua rede aos poucos. Preze por relacionamentos profissionais de longo tempo. É muito mais fácil negociar com um parceiro com o qual você está conectado há tempos. A empatia pode fazer com que ele ceda mais na negociação.

Nem sempre é necessário uma verba astronômica para realizar um bom evento. O bom-senso vem antes de tudo.

 

 

Fonte: Redação.

TAGs: Articulista – Editor Brasil Espaço Físico Espaços para Eventos Evento Convenção Evento Corporativo Evento Esportivo Evento Promocional Evento Proprietário Fornecedor em Geral Indústria Marketing Produtor Relacionamento