Canal
Varejo

Governo estadual apresenta nova fase do Plano São Paulo

Por: Redação. 27 de Maio de 2020

O governador João Doria está anunciando as novas regras de isolamento social e um plano para a retomada gradual das atividades econômicas no Estado de São Paulo, com início já a partir da próxima segunda-feira (1°).

A proposta será implementada a partir de 1º de junho e pelo período de 15 dentro dos critérios do Comitê de Combate ao Coronavírus do Estado de São Paulo, liderado pelo diretor do Instituo Butantan, Dimas Covas, levam em conta quatro pontos: a taxa de ocupação de leitos de UTI abaixo de 80%, o índice de isolamento mínimo de 55%, redução sustentada do número de novos casos de covid-19 por 14 dias e baixa taxa de transmissão da doença.

A expectativa é que os municípios de todo o estado sejam identificados por quatro cores - vermelha, laranja, amarela e verde - que sinalizam o grau do problema. Por esses critérios, a capital ainda estaria no pior estágio, o vermelho.

CONFIRA AS INFORMAÇÕES DO PLANO SÃO PAULO

A adoção do plano de reabertura gradual deve estar restrita ao interior, pelo oeste do estado, em cidades com menor densidade e maior capacidade de atendimento hospitalar. . Na capital, na região metropolitana e também na Baixada Santista, a propagação da doença e as taxas de isolamento ainda geram preocupaçao.

Veja também:  Print&Co apresenta Kit para prevenção ao COVID-19

Veja também: O Protocolo para eventos e aglomerações sugerido pela GoLive 

Depois da oficialização do decreto do governador de São Paulo, será iniciado o distanciamento social seletivo a partir do dia 31 de maio. 

As medidas ainda não foram completamente definidas mas já existe uma proposta concreta aguardando avaliação. O que é certo é que grupos de risco e infectados continuarão em quarentena domiciliar.

O uso generalizado de máscaras de proteção em ambientes públicos ´continuará sendo obrigatório, e, assim, inicia-se o processo de reabertura gradual das atividades segundo o grau de essencialidade, de maneira a abranger todas as atividades em 45 dias.

A Fiesp divulgou uma cartilha com todas as orientações e as normas a serem seguidas para reabertura do comércio aqui

Neste post apresentamos alguns dos principais cuidados e orientações que deverão ser observados.

Os estabelecimentos voltarão a funcionar normalmente?

Mais ou menos. A retomada do funcionamento do comércio e escritórios deve acontecer em horários alternados, para diminuir a concentração do fluxo no transporte coletivo. Já os eventos de grande porte continuarão suspensos.

O atendimento presencial em estabelecimentos, como salões de beleza e lojas, devem respeitar protocolos de convivência e de distanciamento social, voltadas ao combate do Covid-19.

A liberação completa de atividades estará condicionada à evolução da epidemia. Desenvolver e implementar uma comunicação clara com os funcionários antes do retorno ao trabalho é imprescindível.

Confira as principais recomendações de convivência e distanciamento social pós quarentena

1. O acesso aos estabelecimentos deverá ser controlado;

Caso sejam formadas filas deverá ser mantida a distância de 2 metros entre cada pessoa.

2. Evitar tocar em objetos comuns, interruptores de luz, portas, micro-ondas etc.;

3. Limpeza constante do ambiente de trabalho e dos materiais de uso comum com materiais apropriados.

4. Realização de treinamento com funcionários para revisar as novas regras no primeiro dia de retorno ao trabalho e periodicamente para reforçar as informações;

5. Aplicação de placas e avisos com informações gerais sobre os sintomas da doença, em pontos estratégicos no ambiente de trabalho. Informações sobre distanciamento físico no local de trabalho e medidas recomendadas para o ambiente domiciliar também são importantes, além de instruções sobre como utilizar e higienizar/descartar corretamente as máscaras descartáveis e equipamentos de uso comum (poltronas de salão de beleza, por exemplo).

Salões de beleza também deverão ter cuidados especiais.
Nas lojas de roupas os provadores deverão ser mantidos fechados.
No caso de filas nos caixas deverá ser mantida a distância.

6. Uso permanente de máscaras descartáveis e higienização adequada das mãos;

7. Utilizar o Termômetro Digital Infravermelho de Testa para aferir a temperatura dos colaboradores na chegada ao ambiente de trabalho;

8. Se possível, realizar rápida entrevista com profissional de saúde para identificação de possíveis sintomas do Covid-19;

9. Manter uma distância mínima segura entre as pessoas, e, onde não for possível utilizar barreira física ou protetor mais potente;

10. Manter higienização adequada constante de maquinas e acessórios usados como meios de pagamento.

Shopping Centers

Lojas e estabelecimentos também deverão seguir as orientações apresentadas acima;

Praças de alimentação, cinemas, teatros e parques infantis deverão permanecer fechados.

Praças de alimentação e cinema permanecerão fechados (Ilustração/Promoview).

Distanciamento social no trabalho

Todo local de trabalho deve seguir um protocolo para a entrada do colaborador:

1. Utilizar o Termômetro Digital Infravermelho de Testa para aferir a temperatura dos colaboradores na chegada ao ambiente de trabalho;5. Alternar dias de comparecimento entre os funcionários nas equipes;

2. Considerar jornadas de trabalho menores nos primeiros meses.

É importante que cada gestor acompanhe o time, verificando diariamente o seu estado de saúde e a possível manifestação de sintomas como tosse, cansaço, congestão nasal, coriza, mialgia (dor do corpo), dor de cabeça, dor de garganta ou dificuldade para respirar.

Outro fator a ser levado em consideração é acompanhar também a ocorrência de casos suspeitos ou confirmados na família/residência do funcionário.

É necessário esclarecer para todos os funcionários os protocolos a serem seguidos caso alguém apresente sintomas ou teste positivo para o Covid-19, informando também o cronograma a ser seguido nestes casos.

Muitas outras cidades brasileiras já estão reabrindo parcialmente o comércio. O momento é de cautela. A economia não pode parar, porém, é preciso que cada um faça a sua parte, principalmente no que diz respeito às determinações da Organização Mundial de Saúde.

Usar máscaras e álcool gel é uma obrigação de todos. Não deixe de se prevenir. Faça a sua parte que em breve tudo voltará ao normal.

Tags: Covid-19 | coronvírus | ponto de venda | economia brasileira | OMS | reabertura do comércio