Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Marca mineira alia sustentabilidade e moda

Por: Redação Promoview.. 29 de Outubro de 2018

Imagine poder adquirir uma sapatilha ou um tênis por menos de R$ 100,00 e ainda ajudar comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas de diversas regiões de Minas Gerais e pequenos artesãos de países africanos, como Angola, Moçambique, Guiné Bissau, Tanzânia.

Se a proposta parece impossível para muitos, se mostra viável e acessível para a Carí. A marca, que existe há três anos, está lançando sua nova coleção, Licuri – um coco resiliente, que existe no sertão e que deu nome a um território baiano, em que Janaelle Neri, 36 anos de idade, criadora e designer da marca trabalhou em 2013.

Nascida e criada em Manga, no sertão mineiro, Janaelle desenvolveu a Carí naturalmente. Ela é artesã e trabalha diretamente com territórios quilombolas, indígenas e ribeirinhos, e em suas viagens encontrou diversas populações com dificuldade na geração de renda.

“No começo, eu fazia tudo a mão, sozinha e vi ali uma oportunidade de ajudar na geração de renda daqueles territórios e de desenvolver minha marca ao contratar essas populações para trabalharem comigo.”, relembra ela.

Os tecidos que a Carí utiliza, também têm função social, exportados de países africanos como Angola, Moçambique, Guiné Bissau, Tanzânia, produzidos por pequenos artesãos, que impactam suas regiões positivamente.

“Priorizamos a compra de tecidos de pessoas que estejam vinculadas a projetos sociais na África.”, aponta Janaelle. “Para complementar os insumos, parte do que compro no Brasil é diretamente de imigrantes africanos que vendem tecidos. No ano que vem, quero ceder parte dos brincos que produzimos para os imigrantes vendam e alavanquem suas rendas.”, planeja.

A parceria com cooperativas de costureiras, artesãs e pequenas industrias calçadistas da região, ajudou a Carí a ampliar seu leque de produtos, que era exclusivamente de acessórios, e com a coleção Licuri, se estabelece também na área de calçados com sapatilhas (R$ 45,00) e tênis (R$ 70,00), além de manter brincos (a partir de R$ 15,00), camisetas (R$ 55,00), saias (R$ 60,00) e camisas masculinas (R$ 110,00).

Para adquirir as peças da Carí, basta acessar aqui.

Tags: sustentabilidade | an-amento-de-roduto | estu-rio | Minas Gerais