Canal
Regional

Entrevista: Clube de Criação e Carnaval Publicitário

Por: Redação 2 de Fevereiro de 2018

                           Lucas de Ouro

Camilo Castro, conversa com Lucas de Ouro, Diretor de Criação e representante do Clube de Criação da Bahia. Lucas fala sobre a idealização do 'Carnaval Publicitário' em homenagem a Nelson Cadena. Já nas proximidades do Carnaval, estamos em busca de conteúdos que fomentem a comunicação na maior festa de rua do mundo, logicamente que pensando sempre a nível Nordeste.

Ele também conta um pouco sobre o retorno do Clube de Criação.



Camilo Castro: Como está sendo a volta do 'Clube de Criação' à ativa?

Lucas de Ouro: Após quatro anos sem movimentar o CCBA, estamos voltando às atividades com uma nova diretoria. A criatividade baiana anda precisando de estímulos e o Clube volta com esse objetivo.

Camilo Castro: É de extrema importância a atuação/participação/circulação dos profissionais e grupos de comunicação no mercado a fim de impulsionar a categoria e o networking entre os profissionais. Como o 'Clube de Criação' pretende melhorar essa relação?

Lucas de Ouro: Hoje, o Clube de Criação da Bahia está focado em desenvolver atividades de integração e capacitação dos criativos daqui (workshops e palestras). Mobilizar os profissionais da área é o nosso maior desafio, por isso, estamos promovendo eventos de integração também. O Carnaval é o primeiro deles.

Camilo Castro: O mercado evoluiu mais nos últimos cinco anos do que havia evoluído nos 50 anos anteriores. É cada vez mais comum a mudança de postura das agências na busca de acompanhar os novos rumos que a comunicação vem tomando. Quais são as expectativas do 'Clube de Criação' em relação a isso e como pretende atuar neste novo cenário?

Lucas de Ouro: Essa evolução que você citou trouxe mais versatilidade aos profissionais. Mas acredito que perdemos muito do patrimônio subjetivo de ser um criativo. O prestígio da Criação, o reconhecimento e a vontade de inovar e competir com boas ideias, foi perdendo espaço para o surgimento de outros departamentos e da visão de business.

Camilo Castro: E falando de Carnaval, qual foi a maior inspiração para a criação do 'Carnaval Publicitário' e como se deu a escolha de Nelson Cadena, figura importante na publicidade baiana, para estampar a cara do evento?

Lucas de Ouro: Cadena é uma figura muito importante no nosso mercado. Publicitário e jornalista que sempre promoveu as boas práticas na nossa área, ele ainda mantém viva a única premiação que temos na Bahia, o Colunistas. A festa do Carnaval Publicitário fará uma homenagem a ele e suas tradicionais camisas florais inspiraram os nossos abadás.

Camilo Castro: Quais são os ideais do projeto e como pretende colaborar para o mercado local?

Lucas de Ouro: A festa acontecerá no Expedito, no Rio Vermelho, bairro boêmio da cidade. Lá estarão expostas diversas camisas florais de Nelson Cadena e faremos uma homenagem a ele.

Camilo Castro: Há expectativa que o 'Carnaval Publicitário' fortaleça a relação entre as empresas atuantes no mercado de comunicação local?

Lucas de Ouro: Sim. Entidades, veículos e agências estão patrocinando o evento, que é uma celebração de todos os profissionais de comunicação. Não só da Criação, mas do Atendimento, da Mídia, dos Fornecedores, Produtoras... todo mundo!

Camilo Castro: Existe alguma expectativa de tornar este projeto ainda maior?

Lucas de Ouro: Claro. Essa é a primeira edição! Quem sabe a gente leve esse carnaval para a rua, no ano que vem.

Camilo Castro: O que podemos esperar de 2018 com o 'Clube de Criação' e com o Carnaval Publicitário'?

Lucas de Ouro: Conteúdo. É um ano que iremos focar nas nossas redes sociais e levaremos informação relevantes para quem trabalha com Criação. De criativos para criativos.

Camilo Castro: Qual a programação do evento em 2018?

Lucas de Ouro: Programação mais publicitária impossível! Teremos o Baile do Faustão (que além de cantor é um publicitário atuante no nosso mercado) e um Open Bar, para que todos possam curtir a folia à vontade.

Tags: Carnaval | Salvador | Entrevista