Canal
Regional

Airbnb apóia Jogos Mundiais dos Povos Indígenas

Por: Airbnb. 16 de Outubro de 2015

O Airbnb, comunidade de hospedagem alternativa, apóia a primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI).

O evento, que acontece de 23 de outubro a 1º de novembro, em Palmas, Tocantins, vai reunir mais de dois mil atletas, vindos de 30 países, como Austrália, Nova Zelândia, EUA, Canadá, México, Rússia, Mongólia, Congo, Etiópia e muitos países da América Latina.

O Airbnb convidou os moradores de Palmas a abrirem suas casas para receber pessoas de todos os lugares do mundo, e terem a oportunidade de mostrar sua cultura, costumes e chancelar a fama do brasileiro como um dos povos mais hospitaleiros.

Os turistas que forem acompanhar os jogos poderão utilizar o Airbnb, que disponiblizou uma página especial para hospedagem em Palmas durante os jogos.

A iniciativa é um exemplo de como o Airbnb está apto a ajudar as cidades a aumentarem a capacidade de hospedagem, com intuito de, não só impulsionar o turismo, como também destacar o potencial de cada lugar. Durante a Copa do Mundo no Brasil, a comunidade hospedou mais de cem mil pessoas, vindos de 150 países para assistir os jogos.

“Ter uma quantia tão grande de viajantes em eventos esportivos nos dá a chance de mostrar a hospitalidade pela qual o brasileiro é conhecido. Além disso, um evento dessa proporção é uma oportunidade nunca antes vista pelos anfitriões do Tocantins, que poderão abrir suas portas, fortalecendo os laços de confiança com a comunidade e proporcionando aos visitantes experiências únicas, como a de um morador local.”, explica Samuel Soares, do Airbnb.

A procura por anúncios na região para o período dos jogos já começou. “Já recebi mais de dez pessoas em outras ocasiões, tanto brasileiros quanto estrangeiros, e tive experiências incríveis em conhecer diferentes culturas sem sair de casa, inclusive alguns são amigos até hoje. Depois do anúncio dos Jogos Indígenas recebi muitas solicitações, incluindo a de uma professora da Nova Zelândia e de um estudante do Canadá, que deram certeza que vão ficar e foram motivados pelo evento.”, afirma Auriana Ramos, anfitriã do Airbnb desde 2013, que reside em Palmas.

O evento terá duração de 13 dias. Nos três dias anteriores ao início dos jogos, os participantes vão se reunir em uma excursão pelos pontos turísticos da cidade, como forma de ambientação, socialização e integração com a comunidade. Em paralelo aos tradicionais e nativos esportes indígenas, também haverá atividades para unificar a cultura dos povos, que serão comandadas por líderes de diferentes tribos.

"A preocupação dos organizadores dos Jogos em mostrar e incentivar a troca cultural vem ao encontro do que nós do Airbnb mais valorizamos dentro da nossa comunidade: as pessoas. Somos comprometidos com a missão de conectar pessoas, dessa forma, elas podem pertencer a qualquer lugar.", finaliza Soares.

Tags: