Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Cervejaria Dádiva adere ao Brewing Love Project

Por: Redação.. 9 de Julho de 2021

No começo de julho, a cervejaria Dádiva vai lançar a cerveja Amarillo Single Hop Diversity para o Brewing Love Project, movimento criado pela cervejaria Octopus para ajudar a combater o preconceito contra as populações LGBTQIA+ e trazer para o meio cervejeiro o debate sobre os desafios, as injustiças, a exclusão e os diversos tipos de agressões sofridas por pessoas desses grupos. 

Outras marcas também participarão do projeto, como a MinduBier, a Carioca Brewing e a Japas Cervejaria, cada uma trazendo uma receita diferente e autoral, mas todas com a mesma arte, disponibilizada pela Octopus em seu site, estampada no rótulo. 

Leia também: Dádiva questiona o silêncio diante da violência doméstica contra a mulher.

A ideia é mostrar um movimento colorido, plural e agregador que, segundo os criadores, se propõe a reforçar a diversidade e abraçar a singularidade das formas de ser. 

Parte do lucro arrecadado com as vendas das cervejas será doado para instituições que promovem o acolhimento, a proteção e a inclusão. A beneficiária da Dádiva será a Casa 1, centro de cultura e acolhimento de LGBTs (site: https://www.casaum.org/ / Instagram: @casa1). 

A Amarillo Single Hop Diversity será uma NE IPA com variações do lúpulo Amarillo na receita, mostrando como os diferentes terroirs das regiões onde foram produzidos e as particularidades das tecnologias utilizadas para a extração de seus componentes podem transformá-lo em lúpulos diversos, com características completamente únicas e incríveis, cada uma ao seu modo. 

A proposta é mostrar como há diversidade em um mesmo lúpulo, reforçando que essa diversidade compõe experiências únicas, complexas e deliciosas. 

As formas do lúpulo Amarillo utilizadas nesta receita são: em pellet, do Yakima Valley (local mais tradicional na produção do insumo), em pellet, de Idaho (uma região produtora menos conhecida, mas que tem crescido muito nos últimos anos), e em Lupomax (uma versão mais concentrada). 

Outras campanhas: A importância de se posicionar em um mercado ainda tão restritivo 

"Acreditamos que as empresas sejam capazes de promover grandes mudanças sociais, de quebrar paradigmas e dar importantes passos na luta contra o preconceito e na busca pela igualdade de direitos. Emprestar um pouco da amplitude da nossa voz, do nosso espaço e do engajamento do nosso público a causas tão urgentes é essencial, principalmente numa sociedade que é como a nossa.", afirma Luiza Lugli Tolosa, sócia-fundadora da Dádiva. 

Administradora de empresas pela Universidade de São Paulo (USP), Luiza é uma das principais porta-vozes femininas no meio cervejeiro. Desde que foi criada, a marca luta pela igualdade de gênero e a valorização da mulher no meio cervejeiro e fora do setor. 

Para estimular esse cenário, se propõe a ter em seu quadro de funcionários a mesma quantidade de mulheres e de homens, com mulheres exercendo funções tanto na parte de processos de produção, quanto nos cargos de gestão. 

Além disso, a Dádiva já criou diversas campanhas de incentivo à liberdade e aos direitos da mulher. No mês de março deste ano, por exemplo, mês que marca o Dia da Mulher, a cervejaria criou a campanha "Nosso Silêncio Deixa Marcas", que trouxe conteúdos sobre violência doméstica com o intuito de trazer conscientização sobre o assunto. 

"Temos tentado entender o que podemos fazer para transformar a Dádiva em uma empresa cada vez mais inclusiva, de forma a contribuir para tornar o mercado cervejeiro como um todo mais plural e mais justo. Participar de um projeto como este criado pela Octopus é uma honra para nós, pois acreditamos que essa união entre as marcas potentes do segmento pode fazer nossas vozes chegarem ainda mais longe.", afirma Luiza. 
 

Tags: cervejaria-dadiva | cervejaria-octoplus | lgbtqia | esg