Canal
Geral

Transporte no Parque Nacional do Iguaçu gera protesto

Por: 0 17 de Julho de 2012

Há mais de uma década, o Parque Nacional do Iguaçu é considerado internacionalmente um case de sucesso; enquanto modelo de parceria entre poder público e iniciativa privada, capaz de assegurar práticas sustentáveis de gestão, voltadas ao pleno desenvolvimento da atividade turística, com geração de divisas, tributos, distribuição de renda e de empregos na região. Entretanto, de maneira extemporânea, as agências de viagens de todo o País são, agora, surpreendidas com a decisão liminar da 2ª Vara Cível da Subseção Judiciária de Foz do Iguaçu-PR, segundo a qual o transporte de turistas no interior do Parque deverá ser exercido apenas por uma única empresa.

Antes que a medida entre em vigor, no próximo dia 1º/08, a Abav Nacional – Associação Brasileira de Agências de Viagens conclama as autoridades competentes e a comunidade local para que mobilizem esforços no sentido de reverter "esse absurdo", define Antonio Azevedo, presidente da entidade. De acordo com o dirigente da Abav Nacional, além de colocar em risco a qualidade do atendimento aos turistas, comprometer empregos de centenas de guias de turismo, taxistas, e, consequentemente, reduzir o número de visitantes que sustentam parcela expressiva (mais de 20%) da atividade econômica regional, a medida também fere a Lei Geral do Turismo. “Apoiamos integralmente os pleitos formalizados em nome do Foz de Iguaçu Convention & Visitors Bureau e dos representantes das várias entidades laborais da região, que se manifestam contrários a essa liminar”, informa Azevedo.

Tags: