Canal
Geral

Santos populares: conheça o carnaval lisboeta

Por: 0 5 de Junho de 2014

Junho e julho são meses intensos em Lisboa. Eles sinalizam o início do verão e equivalem ao nosso janeiro e fevereiro no Brasil. Junho é o mês de celebrar Santo Antônio, São Pedro e São João, nas tradicionais Festas dos Santos Populares, que compõem uma programação mais ampla, conhecida como Festas de Lisboa. O ápice das comemorações, entretanto, acontece na véspera de 13/06, que é o dia de Santo Antônio. Nesta noite, a cidade praticamente não dorme e a população sai às ruas. Há sardinhas assadas, cerveja, música típica e bares abertos em toda Lisboa.

Foto: Ariane Feijó/ Arquivo Pessoal.
[caption id="attachment_400642" align="aligncenter" width="560"]manjericos_arquivo pessoal ariane Namorados trocam vasos de manjericos, uma versão perfumada e não comestível do manjericão, como prova de amor no mês de Santo Antônio.[/caption] Lisboa parece ter descoberto o poder deste evento, que este ano pela primeira vez vai durar mais de um mês - começou em 30/05 e termina só no dia 03/07. As Festas também mostram a disputa acirrada pela atenção dos consumidores entre as duas principais marcas de cerveja do país: a Sagres, a mais vendida em Lisboa, e Super Bock, a patrocinadora. A programação é variada, com shows de música e teatro, do fado ao pop, arraiais, e as marchas populares, na principal avenida da cidade, a Av. da Liberdade. Cada bairro - aqui chamados de freguesias - apresenta o seu hino, com uma coreografia especial e fantasias criadas para a ocasião. Se no Brasil temos a Rainha da Bateria, Lisboa tem sempre um padrinho e uma madrinha de cada freguesia, uma pessoa pública ou celebridade.
Foto: Público.pt
parada_publico Organizada pela prefeitura - aqui, Câmara de Lisboa - um dos pontos altos são os “Casamentos de Santo Antônio”, que é padroeiro da cidade, e, de acordo com os lisboetas, chegou a viver aqui. A cerimônia de casamentos é um megaevento dentro das Festas e reúne cerca de 300 casais, que se inscrevem ao longo do ano junto à prefeitura. A preparação para a cerimônia é também feita em conjunto, para que todas as noivas cheguem ao mesmo tempo à Sé de Lisboa, catedral da cidade, que possui resquícios arqueológicos de fenícios em seu subsolo.
Foto: Público.pt
[caption id="attachment_400649" align="aligncenter" width="560"]santo_antonio Noivas inscritas para a benção coletiva de Santo Antônio se preparam no mesmo espaço.[/caption] santo_antonio_1Na gastronomia, o prato típico é a sardinha assada, que também virou símbolo das Festas. Todos os anos, artistas do mundo inteiro podem submeter a um concurso a sua versão da sardinha, que vai então representar a ocasião. Este ano, a Câmara de Lisboa terá as festas mais presentes no Instagram, graças à hashtag #festasdelisboa, mostrando ao mundo a festa mais lisboeta de todas, pela lente dos próprios lisboetas.
Foto: Ariane Feió/Arquivo pessoal.lfama decorada_catavinonet

Tags: