Canal
Geral

Intervenção urbana leva poesia aos muros de Curitiba

Por: 0 31 de Outubro de 2014

“No espaço da noite, projeto meu ser: cavalgo cometas e me transformo em caçador de estrelas ...”. Este poema Adélia Maria Woellner é o destaque de uma intervenção urbana realizada na Travessa da Lapa pelo projeto Poesia em Cores, lançada no dia 29/10. O lançamento contou com a presença do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet. A poetisa curitibana é madrinha do projeto organizado pela Associação dos Condomínios Garantidos do Brasil (ACGB/Vida Urbana) em parceria com a empresa Tintas Coral. Adélia cedeu seus poemas para serem divulgados nos muros da cidade com ilustrações realizadas pela equipe do Poesia em Cores e por jovens que cumprem medidas socioeducativas, além de voluntários.

Foto: Maurilio Cheli.
despiche curitiba “Este é um movimento de pertencimento e de acolhimento da cidade. As pessoas precisam ver cada vez mais Curitiba como extensão de suas casas. Estamos revitalizando uma área importante da região central, que tem uma grande circulação de pedestres e de ônibus.", disse Frue. "Todos ganham com esse belo trabalho. Recuperamos os espaços da cidade e damos mais visibilidade aos artistas locais”, complementou o prefeito. O evento teve a apresentações de uma violonista e de um grupo de mariachis, além da liberação no ar de balões com poesias. Emocionada, Adélia Woellner destaca a participação no projeto como um momento muito especial de sua vida. “Quando comecei escrever jamais pensei que passaria por um momento como esse, de ter meu trabalho exposto nos muros da cidade" "É uma oportunidade para as pessoas encontrarem a poesia nas ruas, algo que pode tocar seus corações. A arte é a salvação da humanidade, toca no que a pessoa tem de melhor, que é a sua sensibilidade. Se meu poema tocar o coração das pessoas, estarei realizada”, afirma Adélia, que colocou sua assinatura na poesia pintada no painel da Travessa da Lapa, localizado entre as ruas Marechal Deodoro e José Loureiro. Novos painéis estão programados para a Rua Pedro Ivo, Praça do Batel e também em escolas municipais – as primeiras serão no bairro Tatuquara e Santa Cândida. Além do trabalho de Adélia Woellner, serão destacados textos das poetisas Malu Prado e Vera Cordeiro. “A intenção é desenvolver o projeto e disseminar a poesia em toda Curitiba.A ideia é fazer não apenas o despiche dos muros, mas transformar o visual da cidade com arte e cultura”, destaca Deisi Margarete Momm Fonseca, coordenadora de projetos da ACGB/Vida Urbana. A associação trabalha desde 2000 com intervenções urbanas através de ações de despiche.     http://promo.promoview.com.br/pesquisa-marketing-promocional-anuario

Tags: