Canal
Geral

<!--:pt-->Impacto da RDC 96/08 na indústria de produtos promocionais<!--:-->

Por: 0 28 de Dezembro de 2009

Atendendo a solicitação da Anvisa, o grupo administrativo da Approm realizou estatística  junto ao mercado fabricante de produtos promocionais. A pesquisa visou identificar o volume de investimento em produtos promocionais, reconhecer a compra e conhecer aspectos da cadeia de empregos gerada pelos produtos promocionais em suas campanhas de marketing, propaganda e venda, comparando os números de dezembro de 2008 e de dezembro de 2009 e identificar possível impacto da resolução RDC 96/08 (Regulamentação da Propaganda da Insdustria Farmacêutica) na insdústria de produtos promocionais.

approm

A pesquisa foi composta de um plano de coleta distribuída em 50 empresas, procurando abranger empresas que operam em diferentes setores econômicos e em vários Estados, para que a amostra total contemplasse projetivamente o universo de empresas proporcionalmente. Ao final, dentro desta amostra procuramos validar até 32 empresas com experiência ou histórico de fabricação de produtos promocionais. As entrevistas foram telefônicas com membros da diretoria ou executivos do departamento pessoal. Observações: - Número de empresas de produtos promocionais brasileira é de 4000 - Número de empregos gerados em 2008, 100.000 (cem mil) - Faturamento em 2008, R$ 6,4 bilhões - NBR 5426 nível de inspeção "S4", plano de amostragem simples-normal, 4% de Nível de Qualidade Assegurada indica a necessidade de contato com 32 empresas. - Contatamos 50 empresas, 39 sucessos de contato, 35 respostas (anexa). - das 213 (duzentas e treze) empresas com relacionamento mensal com a APPROM,  4 (quatro) deixaram o mercado promocional ou encerraram suas atividades em 2009 (1,9%). Tabulação da pesquisa indica: Dezembro de 2008: 3.296 empregos gerados Dezembro de 2009: 2.262 empregos gerados extrapolando para o universo de empresas, com 4% de incerteza da estatística, concluímos: Número de empregos gerados em dez 2009, 72.100 (setententa e dois mil e cem) Redução de 27.900 postos de trabalho, Faturamento estimado em 2009 R$ 4,7 bilhões Número de empresas esperado do mercado (2009)  3907.

Tags: