Canal
Geral

IAP premia os vencedores do Prêmio de Artes Literárias

Por: 0 11 de Dezembro de 2014

O Prêmio IAP de Artes Literárias realiza lançamento de obras aberto ao público nesta quinta-feira (11/12), em Belém. Os 11 autores contemplados na 12ª edição do prêmio participarão da noite de autógrafos na sede do Instituto de Artes do Pará. Dentre os premiados estão os jornalistas Marcelo Damaso, com o romance “Iracundo” e Vicente Cecim com o também romance “Breve é a febre da terra”. Na categoria poesia, Alfredo Garcia Bragança com “Cartografias Diáfanas”; e Ismael Machado com o livro-reportagem “Golpe, contragolpes e guerrilhas: o Pará e a ditadura militar”. Prêmio IAP de Artes LiteráriasJá na categoria ensaio, estão sendo publicados os livros: “Espaços em Trânsito: múltiplas territorialidades da arte contemporânea paraense”, de Gil Vieira Costa; e “Gladiadores de escassa musculatura: sociabilidade, literatura e responsabilidade intelectual na Amazônia”, de Luiz Augusto Pinheiro Leal. Outro escritor premiado é Franciorlis Freitas Viana, com “Fantasilhoso” e Patrícia Rameiro, com “Quando dançam as cores”; ambos na categoria conto. Para literatura infanto-juvenil estão sendo apresentados os livros “Entre pai e filhos”, de José Antônio de Sousa Neto, e “Salomão pelas janelas”, de Anselmo de Sousa Gomes. O evento de lançamento ainda traz o escritor Emir Hermes Bemerguy, com o material inscrito por sua filha Lila Bemerguy, que resgatou o do autor trabalho na obra “Enquanto eu me lembro”, lançado agora in memorian. Importância Literária O Prêmio IAP de Artes Literária foi criado há 12 anos e até hoje já publicou 59 obras. Importantes escritores como Aílson Braga, Antônio Juraci Siqueira, Aldrim Figueiredo, tiveram obras publicadas com o selo do Instituto, tornando o IAP referência no incentivo à literatura. Considerado um dos prêmios literários mais importantes do País, ele tem se destacado em importantes publicações. Nesta edição, os gêneros e composições literárias recebem nomes de importantes escritores paraenses, homenageados, como por exemplo, o prêmio Nazareno Tourinho, para dramaturgia; prêmio Maria Lúcia Medeiros, para conto; Prêmio Haroldo Maranhão, para romance.

Tags: