Canal
Geral

<!--:pt-->Citroën recebe clientes na exposição de Andy Warhol<!--:-->

Por: 0 24 de Maio de 2010

Em clima de Pop Art, a Citroën do Brasil realizou no dia 20/05, em São Paulo, uma ação exclusiva para clientes e convidados VIPs. Denominada Noite Citroën Andy Warhol, o evento aconteceu na Estação Pinacoteca do Estado de São Paulo, tendo como ponto alto a exposição Andy Warhol, Mr. America.

Com um coquetel exclusivo, visitas guiadas e serviço de estacionamento personalizado, a marca recebeu seus clientes em grande estilo, que puderam conferir de perto toda a criatividade e genialidade do artista, um dos maiores nomes mundiais da Pop Art.

[caption id="attachment_57990" align="aligncenter" width="560" caption="Celso Ricardo de Moraes e Jennicer Peres."][/caption] “É importante para a Citroën ressaltar seus valores para clientes cada vez mais exigentes e antenados, com ações exclusivas e ligadas à programação cultural da cidade”, afirma Nívea Ferradosa, diretora de marketing da Citroën do Brasil. Outro diferencial da Noite Citroën Andy Warhol foi a dimensão dada ao evento, que teve ampla divulgação nas mídias sociais da marca. “Durante a semana, fizemos uma divulgação diária no Facebook e no microblogging Twitter. Criamos um concurso com questões sobre a exposição, criando uma interação muito grande com nossos clientes”, explica a executiva. Durante a visita, houve grande interesse do público pela série de retratos de Jackie Kennedy (1964), Marilyn Monroe (1967), as Sopas Campbell (1968) e os autorretratos, Uncle Sam (1961), Self Portrait in drag (1981) e Flash November, 22, 1963 (1968).

A exposição A exposição Andy Warhol, Mr. America exibe cerca de 170 obras que exploram temas relativos à política e à cultura popular norte-americana, além de filmes produzidos pelo artista em seu próprio estúdio, The Factory. A exposição foi organizada em colaboração com The Andy Warhol Museum, em Pittsburgh, EUA, e já passou pelo Museo de Arte del Banco de la República em Bogotá (Colômbia) e também pelo Museo de Arte LatinoAmericano de Buenos Aires – Malba (Argentina). Com curadoria de Philip Larrat-Smitt, escritor e curador baseado em Nova York (EUA).

Tags: