Canal
Geral

Cidades inteligentes é tema de congresso em Londrina

Por: 0 7 de Outubro de 2014

A Rede Cidade Digital (RCD) promove na próxima quinta-feira (09/10), em Londrina, mais uma rodada do segundo Congresso Paranaense de Cidades Digitais, que neste ano tem como tema "Transformando municípios em Cidades Inteligentes". Gestores públicos de mais de 30 municípios das regiões Norte e Noroeste do Estado já estão inscritos para o evento, cujo objetivo é apresentar as novidades tecnológicas, políticas públicas e fontes de financiamento para aprimoramento dos serviços prestados aos cidadãos. Segundo José Marinho, diretor da RCD, a construção das cidades inteligentes passa pelos investimentos em tecnologia que aumentem a capacidade de gestão das prefeituras.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_423780" align="aligncenter" width="560"]Abertura da edição 2013 do Congresso Paranaense de Cidades Digitais. Abertura da edição 2013 do Congresso Paranaense de Cidades Digitais.[/caption] Para isso, explica ele, a programação da rodada de Londrina inclui a apresentação dos serviços de mercado oferecidos pelo Instituto Curitiba de Informática, Copel Telecom, Celepar, Rede 399/Seae, Assespro PR e Exati Tecnologia, esta última voltada para a eficiência na gestão da iluminação pública. Além da participação da Fundação Parque Tecnológico Itaipu, com os projetos para desenvolvimento dos municípios em capacitações em EAD, modernização da gestão municipal, data center e software livre, o Senai Londrina abordará as questões em torno da Governança em Tecnologia da Informação e Comunicação. A instituição é referência em diversos serviços envolvendo soluções tecnológicas para empresas. O Sebrae é outra entidade que fornecerá informações aos participantes sobre serviços e gestão pública, com foco na transparência e acompanhamento de projetos. A Associação de Câmaras e Vereadores do Paraná (Acampar) também apresenta, no evento da próxima semana na Associação Comercial e Industrial do município, uma minuta de projeto de lei autorizando os prefeitos a criarem projetos na área. A iniciativa, na opinião do diretor da RCD, dará subsídios para que os vereadores tenham condições de instituir o processo de implantação do Cidades Digitais em suas localidades. "O objetivo é oferecer subsídios aos municípios que pretendem inovar e investir para melhoria da gestão pública. Em Londrina os participantes também conhecerão exemplos de cidades que utilizam as TICs para a eficiência e melhor desenvolvimento da máquina pública, com benefícios diretos em diversos setores.", explica Marinho. A rodada de Londrina precede o Congresso Paranaense de Cidades Digitais marcado para os dias 27 e 28 em Foz do Iguaçu. As inscrições já podem ser feitas também pelo site promocional do evento. Outras duas rodadas - Curitiba e Cascavel - foram realizadas nos meses de agosto e setembro, e reuniram, ao todo, representantes de aproximadamente 100 localidades. Durante os eventos, a secretária de Inclusão Digital do Ministério das Comunicações, Lygia Pupatto, tem ressaltado a necessidade das prefeituras investirem em tecnologia para atender as demandas da sociedade cada vez mais conectada, com prestação de serviços via internet, interligação dos prédios públicos e fomento à inclusão digital. "Quem não entender o que está se passando dentro da sociedade vai perder o trem da história", disse ela durante a primeira rodada regional sediada em Curitiba. As inscrições são gratuitas para servidores públicos e podem ser feitas pelo site do evento.

Tags: