Esta página pode utilizar cookies.

O retorno da Fenaostra ao calendário de eventos festivos da cidade traz um importante incremento ao cultivo das ostras em Florianópolis. Os seminários técnicos que acontecem nos dias 17 e 18/1,  junto à festa, irão capacitar os produtores, estudantes de aquicultura e empresários para profissionalizar cada vez mais a atividade. Novas parcerias técnicas com instituições francesas anunciadas pelo prefeito Cesar Souza Junior devem colocar a Capital catarinense como referência no cultivo. Os seminários promovidos pelo Instituto de Geração de Oportunidades de Florianópolis (Igeof) vão tratar de temas como empreendedorismo e a parte técnica do cultivo, além da implantação do selo de Serviço de Inspeção Municipal. O superintendente do Igeof, Everson Mendes, explica que a capacitação dos produtores e maricultores vão agregar valor ao produto, “Foram quase 500 inscritos que vão receber informações dos melhores técnicos do Brasil, para colocarmos Florianópolis como referência com mais segurança”. Segundo o prefeito Cesar Souza Junior, ao menos três parcerias negociadas em recente viagem para a França devem ser firmadas ainda neste ano, 12 maricultores farão intercâmbio de estudos em 2014 no Lycée de la Mer et du Littoral. Outros dois maricultores farão pós-graduação técnica na instituição e técnicos do Institut Français de Recherche pour l'Exploitation de la Mer (Ifremer), virão a Florianópolis para avaliar a qualidade das ostras e adequar aos padrões internacionais, além de passar pesquisas técnicas e científicas na área.