Esta página pode utilizar cookies.

Os criadores de pombos da Polônia se reunirão de 28 a 30/01, para a 32ª Olimpíada de Pombos. Esta é a reunião mais importante dos amantes deste esporte tão peculiar no mundo, que acontece na área da Feira Internacional de Poznan, mesmo local onde foi realizada a Conferência da ONU sobre o aquecimento global em 2008. Delegações de 59 países já estão confirmadas no evento, além de mais de 500 exemplares de pombos.

O evento é organizado pela Federação Internacional de Columbófilos (FCI) a cada dois anos. Cada edição acontece também em um país diferente e, as duas últimas edições, aconteceram em Dortmund, Alemanha, e em Ostende, Bélgica. Dezenas de fornecedores de produtos e accessórios destinados aos amantes deste esporte também estarão presentes. Marcas renomadas de medicamentos, alimentos para pássaros, produtos de limpeza e transportes estarão presentes realizando diversas ações promocionais para os participantes. Espera-se em torno de 30.000 visitantes apenas da Europa. Os vencedores do concurso ganharão prêmios em dinheiro e kits com produtos dos patrocinadores.

[caption id="attachment_91582" align="aligncenter" width="580" caption="Os pombos ficam alojadas em modernas instalações antes da competição."][/caption]

Claro que quem é a favor da liberdade nos animais e sua libertação total não aprova nenhum uso dos animais para práticas esportivas. Entretanto, no caso dos pombos correio, criados praticamente em liberdade e com muitos cuidados especiais, não é uma prática das piores, como as lutas entre animais, circos e outros. Na verdade é um esporte chamado columbofilia. Os adeptos desse esporte os criam para participar das competições de velocidade organizadas pelos clubes especializados. É uma atividade ao ar livre que proporciona lazer e passeios. Em resumo, o competidor leva seus pombos a locais distantes do criadouro e os solta para ver em quanto tempo voltam. Como as aves conseguem encontrar o caminho de volta a ciência ainda não sabe com exatidão. A teoria mais usada é a de que esses animais conseguem perceber as ondas eletromagnéticas conseguindo orientar-se por elas. Sabe-se que até mesmo com os olhos vendados conseguem encontrar o caminho de volta. A Competição Os pombos correios inscritos na sociedade onde acontecem as competições e campeonatos é feito uma ficha com o número da anilha de cada pombo. Os organizadores colocam na pata um anel de borracha com um número de série. Os animais, colocados dentro de cestos são embarcados num veículo apropriado juntamente com seus donos. O veículo então os transporta para um local distante determinado onde são soltos ao mesmo tempo. Os pombos voltam ao seu local de origem, isto é, o pombal de seu dono onde foram criados. Assim que o animal chega ao pombal o columbófilo retira o anel de borracha de sua pata e o introduz num relógio “contador”, (tipo relógio de ponto), sendo marcado a hora, minuto e segundo da chegada de cada pombo. [caption id="attachment_91583" align="alignleft" width="165" caption="A corrida de pombos acontece desde 1820. "][/caption] Depois os relógios são levados ao local da competição onde os fiscais verificam o tempo gasto no transcurso de acordo com a distância entre o local da soltura e o pombal. O vencedor é o que percorre maior velocidade em metros por minuto. Há vários campeonatos, por exemplo: de velocidade de 110 km a 300 km, de 300 m a 500 km e de 500 km a 800 km. Esse esporte começou na Bélgica em 15 de julho de 1820 e permanece até hoje em vários países. O que acha deste evento? Dê sua opinião.