Há 10 anos no Brasil, o TETO trabalha pela defesa dos direitos de pessoas que vivem nas favelas, diminuindo sua vulnerabilidade por meio do engajamento comunitário e mobilização de jovens voluntários.

Moradores de favelas recriam imagens inspiradas no fenômeno #FollowMeTo

19/04/2017

Há 10 anos no Brasil, o TETO trabalha pela defesa dos direitos de pessoas que vivem nas favelas, diminuindo sua vulnerabilidade por meio do engajamento comunitário e mobilização de jovens voluntários. E nesse mês, a organização lança a campanha: “Venha transformar a nossa cidade”, em que moradores e moradoras das comunidades que o TETO atua fazem o convite para que todos trabalhem juntos pela transformação das cidades em que vivemos hoje.

Criada pela agência Leo Burnett (Brasília), com fotos de Paulo Barros, a campanha é inspirada no fenômeno do #FollowMeTo e mostra moradores(as) puxando para dentro de suas comunidades pessoas que queiram trabalhar pela construção da nossa cidade. O TETO acredita que a cidade só será verdadeira quando todos os cidadãos e cidadãs tiverem direito a ela.

Por isso, chegou a hora de irmos às ruas pela construção de uma cidade onde todos e todas tenham direito a ela. Nos dias 5, 6 e 7 de maio, mais de 10 mil voluntários(as) estarão nas ruas das cidades de São Paulo, ABC (SP), Santos (SP), Campinas (SP), Rio de Janeiro, Duque de Caxias (RJ), Niterói (RJ), Curitiba (PR) e Salvador (BA) para a COLETA. A COLETA é uma ação massiva de mobilização, através da qual denunciamos a violação de direitos vivida diariamente por 11 milhões de pessoas nas favelas do Brasil e arrecadamos recursos para desenvolver projetos sociais em mais de 40 comunidades onde atuamos. Para participar, é só se inscrever: www.teto.org.br/coleta.

“O Brasil vem passando por um momento crítico na consolidação de direitos sociais, ampliação dos programas de moradia e regularização das favelas. Estamos lançando essa campanha para denunciar a desigualdade que hoje existe em nosso país e convocar o maior número de pessoas para se juntarem a nós na construção de uma cidade integrada, onde as favelas sejam tratadas como prioridade nos programas de governos e na agenda pública”, afirma o Diretor Social da organização, Bruno Dias.

O TETO trabalha para desenvolver as comunidades junto com seus moradores e moradoras e acredita que todas as pessoas, plenas de seus direitos, são capazes de transformar o lugar em que vivem. A organização quer mostrar na prática que a cidade não deve ter divisões, nem segregação, e que devemos trabalhar juntos na construção de uma cidade mais igualitária e integrada.


Fonte:: Redação